sábado, 28 de novembro de 2015

Saída emocionante!

Luis Fabiano entrou em campo chorando. Com a faixa de capitão, o atacante fazia sua última partida como jogador do São Paulo no Morumbi. Aos 35 anos, ele ficará sem contrato a partir do mês que vem.

Quando balançou a rede aos 11 minutos, parecia que teria uma despedida tranquila. Mas o Figueirense virou, a torcida tricolor protestou, e a virada só veio nos acréscimos do segundo tempo, com gols aos 45 (de Alan Kardec) e 48 (Thiago Mendes).

– Foi sofrida, mas no final perfeita. Valeu pela vitória, pela luta, pelos três pontos. Uma emoção muito grande, muitos anos de dedicação. Muitos anos da minha vida dedicados a esse time, muito amor envolvido. Foi bom enquanto durou. Foi sofrido, entre amor e ódio. O que vale são as lembranças boas, é o que vai ficar. Agradeço a todo torcedor pelo carinho, pelos anos que demonstraram de lealdade. Alguns criticam, é normal, mas no geral houve mais torcedor leal, que entende que futebol é feito de grupo. Se o Barcelona não fosse um conjunto, o Messi não seria o que é. Obrigado e até breve. Espero voltar para ajudar um dia – disse Luis Fabiano.

Fonte: Globo esporte